Bem-vindo à Editora Circuito!


A Circuito foi criada a partir do desejo de incentivar discussões em torno da arte e cultura contemporâneas, contribuindo com estudos críticos, material de fonte primária, livros de artista e literatura.

Mudança – Verónica Gerber Bicecci

“Artista visual que escreve”; assim se define Verónica Gerber Bicecci, e a crítica especializada reforça a fórmula quando diz que “suas peças atuam como textos” – destaquemos “atuam”. Trata-se de uma mudança. Ulises Carrión, Cesare Lombroso, Leonardo Da Vinci, Vicente Huidobro, Lewis Carroll, Vito Acconci e uma assombrosa trupe de gigantes diagramam um livro sobre […]

A liberação da mosca – Luigi Amara

Luigi Amara é um principiador, naquele sentido antiguíssimo de “no princípio era o verbo”. Cada vez que escreve um ensaio parece que origina, inicia, dá começo. Como se aquilo sobre o que versa fosse – estivesse sendo – pensado pela primeira vez. De uma maneira singular: à inversa, em reverso, tomando atalhos, apelando para a […]

Escrever sobre escrever poesia – Eduardo Milán

Eduardo Milán é um dos poetas e ensaístas mais criativos, sutis e influentes da América Latina. Um “raro”, como os que descrevia o nicaraguense Rubén Darío. Nasceu no Uruguai em 1952, numa cidade pequena chamada Rivera, separada por uma rua de outra cidadezinha: Santana do Livramento, no Brasil. Sua mãe, brasileira, morreu quando ele tinha […]

Leituras furadas – Luis Felipe Fabre

Furos: ensaios: túneis; buracos negros: matéria negra: poesia em sua forma bruta; poesia-carvão: fim e princípio do fogo: traços de cinzas. Aqui há tudo isto. “A matéria que nos ocupa [diz à poeta Luis Felipe Fabre (Cidade do México, 1974)]: certa poesia latino-americana do século XX.” A antimatéria: o furo do poema no poema. O […]

O tropo tropicalista – João Camillo Penna

NO PRELO – LANÇAMENTO EM BREVE

Lasca de breu – Guilherme Delgado

Neste extraordinário livro de estreia na poesia, o dramaturgo Guilherme Delgado demonstra madurez de escrita e concisão, criando poemas que podem ser lidos como uma surpreendente atualização contemporânea do hai-kai, tradição que no Brasil encontrou terreno fértil para se desenvolver.

Cores cobras pincéis cães – Eduardo Stupía

Sou um leitor irregular, lacunar, inconstante e selvagem. Irregular, porque a alternância entre materiais nobres e não tão nobres, altos e baixos, beira a promiscuidade. Lacunar pelos pavorosos buracos que poderiam surgir na lista histórica de minhas leituras, era só alguém ter o trabalho de revê-la segundo o preceptivo dos livros transcendentais que devem ser […]

Fornicar e matar e outros ensaios – Laura Klein

A mulher é um ventre. As ideias de que a essência da mulher é o útero e que a mulher está a seu serviço, que o útero é um animal vivo dentro de outro, que o Todo-poderoso construiu primeiro o útero e depois fez a mulher ao seu redor, nascem com o patriarcado mesmo e […]

Formas híbridas – Rafael Gutiérrez

Como lidar com textos indefinidos no limite entre a autobiografia, o ensaio, a crítica ou a ficção? O que dizem esses textos sobre o contemporâneo?

ET Cetera

Facsimile de todas as edições da revista carioca Et Cetera, editada por Nadam Guerra e Erika Tambke.

Cadernos de artista – Moisés Alves

“Não é fácil entrar neste Cadernos de artista de Moisés Alves, pois: pois de artista. Vinte mil portas, todas de entrada e, algumas e somente algumas, não portas, mas janelas de saída. Não quererás sair, tendo ido aos buracos em se que revela o que pulsa e pulsa no dentro do recinto do livro. E […]

O gráfico amador

Catálogo da exposição sobre O gráfico amador, célebre oficina experimental de Recife, com a curadoria de Amanda Bonan.

Desenlace – Luiza Interlenghi

Produzido em parceria com o Oi Futuro, o livro é o resultado da exposição que uniu os artistas hispano-americanos Teresa Serrano e Miguel Angel Rios sob a curadoria de Luiza Interlenghi.

Outras margens – Sergio Cohn

Entrevistas feitas por Sergio Cohn a partir de seu mapeamento de produções culturais alternativas atuais na cidade de São Paulo. Fundamental para entender a maior metrópole brasileira hoje. Produzido com o apoio da Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo.

Lótus Molotov – Leonardo Toledo

Através do esquema de corte-e-colagem e de outros artifícios, o livro opera uma reorganização extensa sobre personagens conhecidos da ficção. Capa com desenho de Ágatha la Piedra.

Outros Começos – Analu Cunha, Cadu, Daniela Mattos, Fabio Mourilhe, Leonardo Bertolossi e Patrícia Guimarães

Esta coletânea traz trabalhos dos pesquisadores de pós-doutorado do PPGAV UFRJ dos anos de 2015 e 2016, vinculadas às linhas de pesquisa Linguagens Visuais, Poéticas Interdisciplinares, Imagem e Cultura e História e Crítica da Arte. Clique aqui para baixar o livro.

Falar o que seja é inútil – ou sobre desconsiderações – Carlos Alberto Gianotti

A coletânea de ensaios que constitui este livro resulta de considerações do autor sobre alguns temas que, em suas diferenças, guardam correlação. Falar o que seja é inútil se configura, mediante linguagem objetiva, como uma obra interrogativa e crítica, e não assertiva ou prescritiva. Aponta conformações de diferentes vieses do vazio da vida contemporânea de […]

Esperando a hora da Stella – Maria Dolores Wanderley

Marcado sempre pelo amor e pelo estranhamento, o livro Esperando a hora da Stella, sem nunca perder uma notável unidade de tom (derivado de um olhar sensível e maduro, acostumado a observar e ase auto-observar) constitui-se de breves memórias, em diferentes suportes (poemas, contos, crônicas, fotografias) do percurso artístico da poeta Maria Dolores Wanderley pela […]

Viventes de Saturno – Carlos Frederico Manes

O contato com a obra publicada do poeta Carlos Frederico Manes – agora acrescida deste seu terceiro livro de poemas – vai consolidando a experiência do estranhamento do poeta em relação ao mundo e à condição humana, algo que uma boa arte costuma provocar, se quer deslocar (e descolar) o leitor do burburinho da vida […]

Música Chama – Pedro Sá Moraes e Eduardo Guerreiro B. Losso

A crítica e a criação na música popular brasileira contemporânea vivem um impasse. Anos de relativismo culturalista ofuscaram experimentações estéticas mais vigorosas e inventivas. Por outro lado, tentativas de retomada dos gostos culturais da pequena burguesia como parâmetro crítico têm se mostrado tanto conservadoras numa dimensão social quanto redutoras e superficiais no âmbito da estética. […]

Quase-poesia – Jerson Lima Silva

“Os poemas deste livro de Jerson Lima Silva traçam, entre eles, o fio de uma narrativa de confissão e por ele o autor é conduzido à fuga de si mesmo e à tentativa de nos arrebatar, leitores, à jornada desse cosmos quase arrebatador, que ora se revela tudo, ora se desvela em nada, oscilando como […]

Lab Criativo / Creative Lab – Paul Heritage, Batman Zavareze, Renato Rezende (org)

O Lab Criativo foi criado e teve curadoria de Batman Zavareze e Paul Heritage. Foi produzido pelo People’s Palace Projects (Queen Mary University of London), pelo Festival Multiplicidade e pelo Creativeworks London, com fundo para a pesquisa do Arts and Humanities Research Council do Reino Unido (AHRC) e do Newton Fund. A exposição do projeto […]

Ninfas e Mariposas – Leonardo Toledo

Em Ninfas e Mariposas, o leitor encontrará reminiscências desconhecidas na forma de velhos amigos, seus instintos que são os meus e os nossos codificados no rol de personagens. Aparecem Alice, Rapunzel, Sheherazade, Colombina, Salomé, rio Tororó, o Corcunda de Notre-Dame, Cupido, sereias, luas antropomórficas e muito mais habitantes do inconsciente… Boa viagem. Renato Rezende

Arte-veículo: intervenções na mídia de massa brasileira – Ana Maria Maia

Co-editado com a editora Aplicação, de Recife, o livro de Ana Maria Maia foi selecionado pela Bolsa Funarte de estímulo a produção em artes visuais.

Vistas Lumiére

Catálogo da exposição sobre os irmãos Lumiére, que aconteceu no Espaço Cultural Correios, Rio de Janeiro, organizado por Aída Marques.

Quarenta e quatro – Mauricio Cardozo

Quarentaequatro é o primeiro livro de poemas de Mauricio Cardozo. E o jogo numerado que se desenha aqui é um convite a um passeio entre as ruínas de uma estrutura em queda que vai do nome aos impasses da passagem do tempo e, depois, numa conjunção, se rearma e se desdobra nos embaraços da letra […]

Studio Butterfly – Virgínia de Medeiros

Caixa com três livros que documentam o trabalho Studio Butterfly da premiada artista baiana Virgínia de Medeiros, com textos de Lisette Lagnado, Luísa Duarte e Peter Pál Pelbart, entre outros.

Doctypes – Alex Hamburger

Doctypes é a transcrição completa em HTML do diário eletrônico do autor na rede social Facebook. Esta obra se insere na linha da poesia conceitual, técnica cujo representante mais eminente é o poeta norte-americano Keneth Goldsmith, criador do site Ubu.

Dona Saudade – Bernardo Florim

Premiada peça de Bernardo Florim que estreou em julho de 2013 no Centro Cultural Banco do Brasil – RJ, com direção de Camilla Amado

Escritos sobre fotografia contemporânea brasileira – Antonio Fatorelli, Leandro Pimentel, Victa de Carvalho (orgs).

A fotografia brasileira contemporânea, em constante diálogo com o campo das artes, vem conquistando cada vez mais espaço no cenário nacional e internacional. Uma das apostas dos artigos aqui selecionados é a que uma concepção expandida da fotografia permite recontar a sua história, desde esse ponto de vista relacional, contornando as limitações das determinações essencialistas […]

.: Livros em destaque :.