Coleção Trás-os-mares

A coleção Trás-os-mares, publicada pela editora Circuito com o apoio do DGLAB (Direção-Geral dos Livros, dos Arquivos e das Bibliotecas Públicas de Portugal), e com a coordenação editorial de Maria João Cantinho e Renato Rezende, apresenta ao público brasileiro prosadores portugueses contemporâneos da mais alta qualidade literária. A primeira leva, publicada em abril de 2018, compreende Até o ano que vem em Jerusalém, de Maria da Conceição Caleiro, Éter, de António Cabrita, A loucura branca, de Jaime Rocha, Adoecer, de Hélia Correia e Noturno europeu, de Rui Nunes.

Noturno Europeu – Rui Nunes

De acordo com Hugo Pinto Santos, “Noturno Europeu (…) descreve “uma Europa comum, loura, atlética, que uiva pelo seu guia», e resume, na escolha fixada pelo título, uma situação e determinado posicionamento que é identitário da própria escrita.

A loucura branca – Jaime Rocha

De acordo com António Cabrita, em A loucura branca, Jaime Rocha “apresenta-nos um texto que mergulha no quotidiano e no mundo trivial com uma demência quase surreal, cruzando Kafka com os filmes de David Lynch. Um misto de mistério, sedução e humor sutil.”

Adocer – Hélia Correia

Adoecer elabora a vibrante história de amor entre a modelo, pintora e poeta Elizabeth Siddal (Lizzie, 1829-1862) e o pintor e poeta Dante Gabriel Rossetti (1828-1882). Como pano de fundo muito bem documentado, surge a Inglaterra do século XIX, e o grupo dos pré-rafaelitas, empenhados no regresso a uma certa pureza dos olhos e da […]

Até o ano que vem em Jerusalém – Maria da Conceição Caleiro

A história do encontro entre Maria Luís e David, em Até o ano que vem em Jerusalém é também, nas palavras de Rui Nunes, “uma história de desamparo que os leva numa espécie de peregrinatio ad loca infecta, de Lisboa aos Açores, ao Brasil, à memória de um tempo alemão passado, mas tão presente”.

Éter – António Cabrita

Em Éter, António Cabrita reúne sete narrativas urbanas, que se localizam nos dois países em que tem alternado a sua vida: Portugal e Moçambique. São sete histórias com distintas estratégias narrativas, tal como são variados os seus temas, sendo contudo transversal uma idêntica tensão entre a memória pessoal e o esquecimento colectivo, bem como a […]