Formas híbridas – Rafael Gutiérrez

Como lidar com textos indefinidos no limite entre a autobiografia, o ensaio, a crítica ou a ficção? O que dizem esses textos sobre o contemporâneo?

Um Comentário to “Formas híbridas – Rafael Gutiérrez”
  1. 12.11.2017

    um dos melhores livros que li este ano. apesar de citar obras desde os anos 1990, o tema abordado por rafael gutiérrez é contemporâneo e urgente, não somente pelo desconhecimento do assunto por parte tanto do grande público como das universidades, mas também pela sobrevivência da própria literatura, num mundo onde se encontra cada vez mais marginalizada.


Deixe um comentário