Ediciones Portunhol

Ediciones Portunhol é uma coleção de ensaios, livros de artistas e cadernos de referência produzidos por artistas e teóricos de vários cantos da América Latina, coordenada por Juliana Gontijo. Seu conteúdo alterna, frequentemente, o espanhol e o português, e reivindica o portunhol como princípio aglutinador, propício à circulação de pensamento e de produção artística no continente. Nessa interlíngua oficiosa (a qual deveríamos idealmente incorporar também o guaraní, o mapuche, o creol, o iorubá e outros tantos), reverbera uma rede complexa de subjetividades e identidades que conforma o que é dito latino-americano, ressaltando seus contrastes, pontos de contato e mutações constantes. Ler, escutar, escrever e falar a América Latina em seu idioma fantasiado é, finalmente, refletir sobre a direção em que queremos reinventar nossa cultura e nosso lugar no mundo. Uma parceria entre Casa Tomada e Circuito.

Ficha técnica Coordenação editorial: Juliana Gontijo Desenho gráfico: Lucas Sargentelli Tradução: Juliana Gontijo e Tainá Azeredo Revisão: Daniel Escorel

teóricos • Coletivo Duplus (Argentina), “A prática artística para além do dispositivo de exibição” • Luis Camnitzer (Uruguai), “Arte y Pedagogía”

cadernos de referência • Carlos Guzmán (Colômbia) • Brigida Campos (Brasil)

livros de artistas • Andrés Bedoya (Bolívia) • Carlos Guzmán (Colômbia) • Claudia Gonzalez Godoy (Chile) • Gustavo Speridião (Brasil) • Julián D’Angiolillo (Argentina) • Leonello Zambón (Argentina) • Lucas Sargentelli (Brasil) • Papelito no más es (Equador)